Desemprego

Os números do desemprego atingiram 8,4% segundo o Instituto Nacional de Estatística. Trata-se do valor mais elevado nos últimos anos e demonstra que o nosso país está à beira do colapso. Independentemente da qualidade dos números - na realidade o valor do desemprego deve estar nos 10%, com as pessoas que estão inscritas nas acções de formação do FEDER, mascarando assim os números – o nosso país está a deixar de criar condições para que as pessoas possam trabalhar e ter uma vida. O ministro da economia, meteu a cabeça na areia e afirmou quando interpelado pelos jornalistas, que existem sectores que estão a crescer de acordo com os números das exportações, acaba-se por não entender onde está o reflexo desse crescimento, na criação de emprego e bem-estar das comunidades onde as empresas se inserem.

PS: Os barões e senhores do norte deviam começar a criar uma task force – tão ao seu gosto – para desencalhar a estagnação que a região atravessa. Aquela história de que no Norte é que se trabalha e reside a riqueza do país só já é comprada pelos madeirenses. Muitas pessoas do sector da construção e outros estão a trabalhar na Galiza, outros abriram lavandarias e negócios de franchise para terem de comer, outros ainda não sabem que fazer à vida.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

BPMN can bring death to your process data

5th November 2016 - Frankfurt - She is in parties

26-08-2016 - Cape Town - Return to Zuid Afrika