Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2007

Que gajas tão fofas

Imagem
O Secretário Geral da Juventude Socialista, Pedro Nuno Santos, assinalou o Dia Mundial da Luta contra a Homofobia (17 de Maio) com uma intervenção no período da antes da ordem do dia no plenário da Assembleia da República. E foi pena, porque na realidade se isso tivesse sido o tema o dia, revelaria que o tema era do Portugueses.

O cartaz é original e chamaria a atenção se fosse utilizado numa campanha de calças de ganga, ou então, eu diria, é digno de um autêntico filme pornográfico. O olhar da menina é convidativo, é do género, “Anda lamber-te no meu corpo que eu dou-te mais prazer que essas galdérias que só gostam do cheiro a cavalo”.

Portugal, país tolerante, não tem nada contra as lésbicas e os outros. Portugal, como qualquer país não tem é paciência para os psicopatas do direito de expressão da sua condição. Há uns anos atrás passou na televisão um documentário muito sério sobre os homossexuais. Duas mulheres que viviam no Alentejo, criticavam as posições e a forma como as associaç…

A importância de se chamar Greenspan

Kaminomoto enviou-nos esta mensagem:

Alan Greenspan deixou ontem um sério alerta aos mercados financeiros que pode mudar de forma "dramática" o comportamento das bolsas de todo o mundo nos próximos meses, incluindo Portugal.Escolhi a expressão “dramática” porque foi essa a palavra usada pelo ex-presidente da Reserva Federal dos EUA no seu discurso.
Greenspan falava ontem, via satélite, para uma audiência reunida em Madrid a propósito de uma conferência subordinada ao tema “ExpoManagement 2007”.
Que disse ele? A subida dos mercados accionistas chineses é “claramente insustentável”. Mas não ficou por aqui. Acrescentou ainda que “vai haver, mais cedo ou mais tarde, uma contracção dramática” das bolsas daquele país. Não admira: desde o início do ano, o índice chinês que reúne as 300 maiores empresas cotadas tanto na Bolsa de Xangai como na Bolsa de Xenzen – o CSI 300 – valorizou 90%.
As poucas alternativas de investimento naquele país – onde os depósitos dão retornos negativos – lev…

Lisboa menina e moça

Outro dia fiquei a saber que Garcia Pereira concorre pela n-esima vez a um qualquer cargo politico. Desta feita à câmara municipal de Lisboa. O Garcia é aquele rapaz simpático cujo Freitas do Amaral até apadrinhou a tese de doutoramento e tem uma retórica argumentativa eficaz. Durante a entrevista que deu na rádio, para além de não puder revelar quem é o mandatário e restantes elementos da lista (alguns fadistas do bairro alto), expôs o programa que gostaria de implementar se fosse presidente. Pasme-se, mas o homem veio com uma ideias muito próximas do tempo do império ultramarino. A ver: Lisboa cidade capital do país deve centralizar toda a oferta cultural, económica, social do país e daí exercer a sua pujança contribuindo para o crescimento económico do país. Ora nada mais errado. O que este país precisa é que Lisboa não centralize o investimento e com isso arraste metade da população portuguesa à procura de emprego para a região, porque não existem outras alternativas no país, deix…

Mitologia urbana

Caro Antiamba:
É lugar comum cada vez mais o aparecimento de mitos urbanos, nomeadamente de organizações, "lobbys", e outros afins, que de alguma forma se possam relacionar com o "bem ou o mal" ou os "interesses" e outras situações similares, mas a verdade é que vivendo-se num estado de democracia e liberdade de expressão, verifica-se cada vez mais uma enorme transparência horizontal e vertical na sociedade portuguesa, provocada positivamente pelos media.
Hoje sabe-se perfeitamente quem são as pessoas, de onde vieram, quem são os seus amigos, qual a sua carreira profissional, qual a sua ( a existir ) carreira politica, quais as suas opções de vida - enfim a democracia destroi muitas vezes todas as barreiras de privacidade, pelo que muitas vezes as teorias da conspiração "inventam" mitos urbanos acima referidos, e rebuscadas teorias relacionadas, que em bom rigor são isso mesmo: mitos.
Busca-se assim muitas vezes as explicações para o aparentemente …

Inovação

Imagem
Este site, em espanhol é uma referência importante para aqueles que procuram ideias sobre inovação.


http://www.infonomia.com/

Desemprego

Os números do desemprego atingiram 8,4% segundo o Instituto Nacional de Estatística. Trata-se do valor mais elevado nos últimos anos e demonstra que o nosso país está à beira do colapso. Independentemente da qualidade dos números - na realidade o valor do desemprego deve estar nos 10%, com as pessoas que estão inscritas nas acções de formação do FEDER, mascarando assim os números – o nosso país está a deixar de criar condições para que as pessoas possam trabalhar e ter uma vida. O ministro da economia, meteu a cabeça na areia e afirmou quando interpelado pelos jornalistas, que existem sectores que estão a crescer de acordo com os números das exportações, acaba-se por não entender onde está o reflexo desse crescimento, na criação de emprego e bem-estar das comunidades onde as empresas se inserem.

PS: Os barões e senhores do norte deviam começar a criar uma task force – tão ao seu gosto – para desencalhar a estagnação que a região atravessa. Aquela história de que no Norte é que se traba…

Maçons e Opus

De acordo com o jornal Publico, o número de mulheres maçons está a aumentar e já está em 300.

Este grupo de tráfico de influências, tal como a opus dei – estes rezam muito mais do que os primeiros, destina-se a prejudicar os interesses dos cidadãos, retirando-lhes acesso ao emprego e contribuindo para o desvio de dinheiro de empresas publicas para financiar os partidos e as obras caridosas destas instituições.

Se existe tanta preocupação com a corrupção no futebol e nas autarquias, por que razão nunca existiu tal enfoque com estas oragizações?

Revolução - fim do facismo

É com enorme satisfação que assistimos ao fim do comportamento "fascista" que desde o inicio assistia a este blogue - antiamba - que era um bloque fechado, sem acesso á livre opinião, introdução de temas e assuntos dos seus membros. Um bem haja a esta iniciativa.
Com esse comportamento até agora, o criador do blogue fazia lembrar as melancias - verdes por fora e vermelhas por dentro - mas um vermelho fascista - extremista - alías os extremos da esquerda e direita são em muito identicos só mudam as justificações para os seus comportamentos - ainda bem que face á revolta popular - o povo é quem mais ordena! - se abriu as portas de liberdade do blogue.
O ultimo jantar do antiamba foi alías elucidativo do espirito democrático e livre que deve assistir ao antiamba - o próprio tema do jantar ers sugestivo.
Mas penso ser importante marcar objectivos no seio do antiamba - desde logo a despedida de solteiro do mouro, assim como deslocação á ESADE - São Paulo...., digo Barcelona, logo qu…

K

Para quem não pode comprar a revista, sempre pode ter acesso aos textos que foram sendo publicados:

http://kapa.blogspot.com/

Progresso económico

Hoje, num almoço a propósito da estagnação económica que o nosso país atravessa, da diminuição do poder de compra para níveis de há 20 anos atrás, fiquem a saber que já existem portugueses a fazer as revisões dos carros em Espanha

Oceano Atlântico

Outro dia no jantar da AntiAmba, um digno membro desta organização obscura e de interesses instalados na sociedade portuguesa, falava da fronteira ténue entre a diferença entre a direita e a esquerda.
Ultimamente tenho acompanhado uma revista de opinião chamada Atlântico. Sempre considerei que a revista era de esquerda porque era um pouco do contra. Outro dia disseram-me que a revista, que outro dia fez 2 anos de publicação, era assumidamente de direita conforme editorial publicado nesse número.
Ora foi necessário ler umas curtas da última edição para concluir que a coisa é mesmo a fugir para o lado contrário:

Estas transcrições são sobre Odete Santos antiga deputada do PCP:

“A deputada comunista Odete Santos disse adeus ao parlamento. E disse-o ao fim de 26 anos. Tempo demais para a pregadora de uma fé vermelha que tanto mal fez ao mundo e a Portugal. Convêm não esquecer que ainda hoje estamos apagar a factura do descalabro da economia nacionalizada, do sonho igualitário, do saque à prop…

Posta cria indigestão a Mendes

Num país onde a presidência de uma câmara é notícia nacional e de abertura de noticiário, ficou-se a hoje saber que o primeiro-ministro nomeou o António Costa como candidato à presidência da dita câmara. O PS já ganhou.
Anteriormente e se calhar por falta de apoio do partido, Helena Roseta candidatou-se também a presidente da câmara, tendo-se desvinculado da militância. Conheço a senhora desde o 25 de Abril como figura do PSD e foi com alguma estranheza que naquela altura, não compreendi como se podia mudar de partido, especialmente para outro duma área ideológica tão distante como na altura o PS e o PSD eram. Mais tarde ainda assisti à transferência da Zita Seabra do PC para o PSD!
A Helena Roseta, senhora tenaz e de forte personalidade não conseguiu vencer a lógica de actuação partidária, como ainda por cima está conotada com o facção do Manuel Alegre, o partido achou que não poderia transmitir para o exterior um sinal de cedência à um grupo que mal tratou o actual primeiro ministro, …