Exame a Primeiro-Ministro

Estive durante esta semana no arquipélago dos Açores e pela primeira vez visitei as Ilhas de Santa Maria e Horta.

Constatei um conjunto de problemas dignos de resolução por um Primeiro-Ministro.

1- Se adoecer e o estado de saúde se agravar, a única hipótese de se safar é pedir socorro a um helicóptero que está baseado na Terceira. Se ficar mal de noite (como acontece a maior parte das vezes) ou se o estado do tempo se agravar não há helicóptero que valha ao doente. O melhor é rezar e ter fé em nosso Senhor Jesus Cristo. Se os aeroportos tivessem sistemas de aproximação automáticos e desde que a intensidade do vento o permitisse, poderia sair de lá de avião. Mas como em 75% dos aeroportos só são utilizados 2 vezes por dia, não há investimento que valha. Se tem fé, reze.
2- Se quiser viajar entre as ilhas, prepare-se para gastar muito dinheiro. Como os voos são de curta duração, os custos de combustível tem um impacto muito superior no preço da viagem. Não se esqueçam que tem de meter uma hospedeira de bordo por cada 50 passageiros mesmo que o voo dure 10 min, mais o pessoal de terra que passa o dia no aeroporto sem fazer nada, excepto quando tem de embarcar os passageiros, que acontece durante 10% do dia de trabalho. Há ainda que acrescentar os levados custos de manutenção porque os aviões passam o dia inteiro a aterrar a descolar e o desgaste das aeronaves é mais acentuado.
3- Se quiser trabalho, não há. Ou monta uma papelaria para vender uns jornais ou então o melhor é dedicar-se à produção de leite ou criação e gado. Também pode sempre pôr-se a andar dali para fora e ir para o USA.
4- Como os custos de transporte são elevados, os produtos são todos mais caros. As marcas locais, produzidas por empresas que não são o primor da eficiência e comercializam os produtos como acontecia no continente há 20 anos atrás, não tem preços, nem produto que valha aos Açorianos.
5- O modelo de crescimento sustentado no Turismo, não irá a lado nenhum. O clima é ingrato e praias com areia são uma miragem (conheço uma na Praia da Vitória e outra muito pequena em Angra do Heroísmo).

Ora, digam lá então suas altezas, o que fariam para resolver os problemas dos Açorianos se fossem Primeiro-ministro?

Como contribuiriam para diminuir o custo de vida?
Qual seria o modelo económico de desenvolvimento?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

BPMN can bring death to your process data

5th November 2016 - Frankfurt - She is in parties

26-08-2016 - Cape Town - Return to Zuid Afrika